whatsapp-image-2016-10-19-at-23-41-34

Ilha da Madeira em Portugal


  • janeiro 19, 2015
  • mpmidia
Ampliar foto

Se você deseja começar o ano com o Pé na Europa, você precisa passar o réveillon na Ilha da madeira em Portugal! A Ilha da Madeira, realiza uma das maiores festas de Réveillon do mundo! 

Tradicional queima de fogos de artifício é repetida em diferentes pontos da capital do arquipélago português. As festas de fim de ano sempre permeiam nossa imaginação e aguçam nossas emoções, isso é fato. Um dos grandes baratos desta época do ano é poder presenciar, fazer parte de alguns dos grandes espetáculos que o homem é capaz de produzir e quando falamos de Festa de Réveillon em Portugal, é automático associar á grande festa na Ilha da Madeira.

whatsapp-image-2016-10-20-at-00-04-02

Reconhecido como um dos maiores espetáculos de fogos de artifício do mundo, o Réveillon na cidade do Funchal, capital da Ilha da Madeira, em Portugal, a cada ano surpreende seus moradores e milhares de turistas de diferentes países.

À 00h do dia 1o de janeiro, por cerca de dez minutos, o estouro de fogos de artifício de todas as cores e efeitos preenchem o céu de várias partes da cidade anunciando a chegada de mais um novo ano. A alegria e a atmosfera de confraternização se estendem madrugada a dentro em boates, hotéis, bares e festas particulares se encarregam de tornar aquele o melhor Réveillon da vida de seus convidados. Apesar de a estação atual em Portugal ser o inverno, a temperatura média na ilha é de 17o C, o que implica em noites agradáveis ao ar livre. Shows, exposições e outras atrações culturais de qualidade alteram a rotina madeirense durante o dia desde o início do mês de dezembro e turistas e moradores se misturam nas ruas da bela ilha.

A queima de fogos de artifício para celebrar o Ano Novo na Ilha da Madeira é uma das comemorações mais tradicionais do arquipélago. O costume foi introduzido à cultura madeirense no século XVIII por ingleses e, a partir do século XIX ganhou força com a disputa entre comerciantes e famílias mais abastadas para promover as mais originais festas com fogos da baía até receber o status de hoje.